A leitura engrandece a alma, desenvolve o intelecto e abre portas inimagináveis para o conhecimento. Ademais, livros auxiliam educadores no processo de ensino-aprendizagem dentro das salas de aula — e são instrumentos valiosos para promover práticas pedagógicas inovadoras e mais distantes da tradicional.

Partindo desse princípio, elencamos quatro livros para professores que desejam enriquecer as suas formações, mudar perspectivas e transformar positivamente o sistema educacional, sob o prisma de diversos pontos de vista pedagógicos. Interessou-se pelo tema? Então, não deixe de acompanhar o post até o final!

1. Pedagogia da Autonomia

Paulo Freire foi um célebre educador, pedagogo e filósofo de nosso país — e conhecido especialmente pela criação de um método de alfabetização para adultos batizado com o seu nome. Considerado até hoje o Patrono da Educação Brasileira, publicou mais de 30 livros, foi professor em oito universidades diferentes e recebeu 36 doutoramentos honoris causa.

Em “Pedagogia da Autonomia”, Freire reflete sobre o relacionamento entre educadores e educandos, questiona o ato de ensinar e propõe práticas pedagógicas guiadas pela autonomia, ética, curiosidade e a capacidade crítica.

2. Educar na Esperança em Tempos de Desencanto

Nesta obra, o historiador e político Chico Alencar e o professor argentino Pablo Gentili discorrem sobre a atuação e os desafios da atividade docente nos tempos atuais. Estruturado em quatro capítulos, o livro aborda questões mundiais problemáticas que abalam a educação, como o desemprego, a globalização e as tecnologias que excluem indivíduos, refletindo nos processos de ensino-aprendizagem dos indivíduos.

3. Gramática da Fantasia

Gianni Rodari renovou a literatura infantil. Ganhador do importante prêmio Hans Christian Andersen, o jornalista, pedagogo e escritor italiano sacudiu palavras, ressignificou ideias e dedicou-se com todo o coração ao desenvolvimento da imaginação dos pequenos.

Em “Gramática da Fantasia”, Rodari aborda técnicas e exercícios práticos para incitar a imaginação e a criatividade das crianças. O livro, agradável e fácil de ser absorvido, tem o objetivo de exercitar a mente dos pequenos por meio de histórias e narrativas que os façam “pensar fora da caixa”.

4. Quem Ama, Educa

Içami Tiba foi um psiquiatra, educador, colunista e escritor — e uma forte referência para muitos educadores e pais. Era especialista em psicoterapia familiar, foi professor por mais de 22 anos e, ao longo de sua carreira, publicou mais de 40 livros sobre educação.

No livro “Quem Ama, Educa”, Tiba destaca o papel essencial e significativo da família na educação dos jovens da geração digital — mais globalizados, informatizados e independentes. Além disso, a obra trata sobre assuntos como o diálogo, os limites e os valores.

Pronto. Agora você já conhece quatro livros para professores que não devem faltar em sua biblioteca! Esperamos que essas obras sejam apreciadas como verdadeiros bálsamos para a sua formação. E que a partir delas você desenvolva um olhar educacional inovador, capaz de guiar mentes, almas e corações.

Gostou deste post? Então, o que acha de aproveitar sua visita em nosso blog e ler mais conteúdos incríveis sobre o mundo da educação? Saiba agora como escolher filmes educativos para os pequenos!

Escreva um comentário

Share This