Se você vem buscando formas de modernizar a gestão do seu ateneu para torná-lo ecologicamente correto, entender como fazer uma escola sustentável é parte primordial desse processo.

Além de economizar recursos e impactar positivamente as finanças, você vai desenvolver um projeto importante junto aos alunos e todos os colaboradores, criando um ambiente muito mais construtivo e preparado para o futuro.

Se você quer saber como realizar isso, continue lendo e confira as informações a seguir.

O que é uma escola sustentável?

Uma escola sustentável consiste em um ambiente no qual a preocupação com o meio ambiente se reflete em atitudes práticas que passam tanto pela atitude dos gestores e colaboradores como dos alunos. Tudo isso deve ser inerente ao projeto pedagógico da escola, para que não seja visto como ações isoladas e descontextualizadas.

Os resultados obtidos são bastante significativos como:

  • preparar as novas gerações para os desafios ecológicos que já começam a ser sentidos hoje;
  • reduzir desperdício material e de recursos na escola, havendo, assim, mais dinheiro disponível para investir em projetos diferenciados;
  • envolver a comunidade escolar para além dos portões da instituição, como familiares e vizinhança para que também possam participar da iniciativa.

Realizar um feito tão nobre e imprescindível como esse exige planejamento, conhecimento e determinação. Nos tópicos a seguir, mostramos o caminho certo para alcançar isso. Confira!

Como tornar a escola sustentável?

Para trazer esse ideal para a realidade, é necessário ter como base as seguintes diretrizes:

  1. reduzir o uso de papel, tanto limitando a utilização da impressora e conscientizando todos sobre o seu uso quanto digitalizando os diversos processos internos e externos da escola;
  2. eliminar o desperdício de água, checando todos os seus pontos de saída, como torneiras no banheiro, cozinha e bebedouros, e conscientizando todos (alunos, colaboradores e gestores) sobre o uso correto;
  3. implantar coleta seletiva na escola, inclusive com o despejo correto do óleo de cozinha. Isso evita o acúmulo de sujeira, contribui com a reciclagem e reduz os gastos com limpeza.

Alguns locais, inclusive, se valem de animais de criação, como coelhos e roedores, para eliminar restos de comida. Dessa forma, utilizam os próprios ciclos da natureza para construir um ambiente ecologicamente sustentável.

Como o uso do planetário educa os alunos e cria um ambiente sustentável?

Para sair apenas de exigências e recomendações diversas e dar um tom criativo à construção de uma escola sustentável, você pode utilizar recursos diferenciados como o planetário escolar.

Tal alternativa consiste em um domo inflamável no qual são realizadas projeções em 3D de temas diversos que podem ir desde a astronomia até a microbiologia e anatomia, por exemplo.

Por meio dele, pode-se facilmente visualizar um ecossistema e trazer uma experiência didática e sensorial única aos alunos, que poderão ver essa temática sob um novo prisma. Assim, aumenta-se o interesse e o engajamento pela questão, e os resultados em torno do projeto escola sustentável tornam-se mais expressivos.

Qual a importância do selo sustentável?

O chamado marketing verde tem sido parte integrante das ações de diversas organizações e nas escolas não é diferente. Diversos selos como LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) ou mesmo o Protocolo GHG, que é usado por uma ampla gama de organizações preocupadas com seus impactos no meio ambiente, já são parte dessa realidade.

Se a sua escola passa a agir corretamente e conta com um selo sustentável, isso só reafirma, perante os pais dos alunos e a sociedade, a seriedade do projeto ecológico da escola. Com isso, mais famílias se interessarão por sua instituição, trazendo mais alunos dispostos a fortalecer a causa. Pense nisso!

Agora que você já sabe como ter uma escola sustentável mãos à obra!

Se você gostou do nosso post, aproveite para curtir nossa página no Facebook e continuar por dentro dos melhores conteúdos sobre educação.

Escreva um comentário

Share This