Uma festa de final de ano letivo, marcante e divertida, é uma excelente forma de brindar as realizações e conquistas do espaço escolar. Os professores podem utilizar esse momento para proporcionar uma interação mais leve e prazerosa, onde as crianças possam ter a chance de brincar.

Entretanto, para garantir a diversão, é preciso uma pitada de criatividade e muita disposição por parte dos educadores para que essa confraternização não tenha foco no “comeu, voou”.

Por conta disso, preparamos algumas dicas para tornar essa ocasião inesquecível. Acompanhe com a gente.

1. Preparar comidinhas gostosas e criativas

Aquele velho costume de um colega trazer aquele bolinho confeitado que será disputado a tapas precisa ser deixado de lado e dar lugar a inovações. Promover o festival do cupcake, do picolé, do pirulito ou de outra guloseima apreciada pelos pequenos pode ser uma ótima pedida.

Outras opções válidas e que podem ser consideradas conforme a realidade local são a de um piquenique ou de um festival de frutas. Mesmo assim, ainda há a possibilidade de partir para um lado mais formal, como a produção de um chá da tarde. O que vale é a imaginação!

2. Dar festas à fantasia

Uma forma de permitir que as crianças entrem no clima e aguardem a festa ansiosamente é promover a utilização de fantasias e caracterizações.

Festa havaiana, anos 60, super-heróis, reciclagem e muito mais podem ser temas que cativarão a galerinha e farão eles se empenharem em apresentar a fantasia mais criativa possível.

Para o chá da tarde, roupas de época. Para a festa havaiana, muitas saias e flores! O tamanho da criatividade é que conta no final.

3. Organizar provas e desafios

A festinha escolar onde todo mundo fica sentado esperando liberar a comida pode não ser a mais inesquecível. Assim, promover a movimentação com certeza é muito mais interessante!

Desafiar as crianças a dançarem a coreografia de determinada música, fazer caça ao tesouro ou realizar uma pequena gincana será divertido e não deixará ninguém entediado. Planejamento acima de tudo!

4. Apresentar uma decoração elaborada

Festinhas com apenas alguns balões já estão mais do que ultrapassadas. Os educadores precisam buscar uma apresentação mais cativante para os encontros da escola.

Seja na sala de aula ou em outros ambientes disponíveis, é possível usar a ousadia e a criatividade para criar lugares tão interessantes e acolhedores que deixarão as crianças fascinadas.

Conforme o tema da festa, desde tecidos e papeis até materiais recicláveis podem ser úteis para a construção de uma ornamentação bem elaborada.

Túneis de tecidos, jogos de luz, origami, flores e diversos outros itens podem ser combinados para uma decoração que ficará marcada na memória dos pequenos. Disposição é o que conta!

5. Promover a sustentabilidade e a solidariedade

Além da diversão, tudo na escola tem um papel educativo. Dessa forma, a festa de final de ano letivo não pode ter menos razões para acrescentar aprendizagens no repertório dos envolvidos.

Uma forma interessante é a troca de presentes entre alunos, mas deixando de lado aquela ideia de consumismo e egocentrismo. A novidade da ação é incentivar a produção do presente pela própria criança.

O foco pode ser a reciclagem, mas deve também englobar outros tipos de trabalhos manuais, como pintura, escultura em argila etc.

Outra forma de manter a confraternização com um clima elevado é a de dispor de um passe de entrada, caracterizado por uma porção de alimento não perecível ou roupas e calçados para doação.

Assim sendo, contando com imaginação, criatividade, planejamento, disposição e se importando com os seus alunos, o professor poderá promover uma festa de final de ano letivo inesquecível!

Gostou desse artigo e quer mais ideias sobre o que levar de novidades para a sua escola? Entre em contato conosco para saber mais sobre o nosso Planetário!

Escreva um comentário

Share This